18 de dez de 2007

Evolução - Joelmo Machado

Seleção natural... Isso é o que determina a sobrevivência das espécies no nosso planeta. Na natureza aqueles animais que não servem para o bando são abandonados. Um leão velho, que não possui forças para caçar e nem mesmo dentes para comer, é deixado à morte. As fêmeas escolhem o macho mais forte para perpetuar sua linhagem. Essa seleção natural é o que impede que ocorram defeitos genéticos em uma raça. Um elefante sem uma perna não terá descendentes, tampouco um gorila cego conseguirá viver em grupo ou cruzar com uma fêmea.
Crueldade? Não, sobrevivência!
Há milênios o ser humano caminha pela face da Terra, o Homo sapiens aprendeu, a duras penas, a perpetuar sua estirpe e dominar o planeta. Uma dominação desordenada e sem lógica. Em pouco tempo se adaptou ao frio, ao calor e, graças a uma propagação exagerada e sem seleção natural, espalhou-se por toda a superfície terrena.
Um domínio diferente, mais por quantidade que por qualidade – diria eu, grosso modo. Para espalhar-se tão rapidamente, o homem não selecionou sua espécie. Trouxe com ele toda uma série de defeitos genéticos que a “seleção desordenada”
causou. Não filtramos nossa espécie, conseguimos nos adaptar a tudo. Mas carregamos toda a sorte de doenças hereditárias.
O homem tornou-se inteligente, porém fraco. Bom ponto de vista esse, não é mesmo? Se tivéssemos evoluído selecionando nossa espécie não teríamos cegos, paralíticos, doentes e deficientes mentais... A raça perfeita! Onde estaríamos hoje? Categoricamente, respondo: ainda nas cavernas!
Foi graças à mente de um deficiente físico chamado Stephen Hawking que nossa física avançou a estágios jamais imaginados. Foi graças à coragem de uma mãe tuberculosa e alcoólatra que nasceu Wolfgang Amadeus Mozart. Após aplaudir de pé Beethoven, que acabara de reger o que seria sua última sinfonia, foi que todo o teatro de Viena descobriu que o gênio estava completamente surdo. Foi no auge de sua demência que Salvador Dalí pintou suas mais perfeitas obras...
Então o que realmente é evolução? Por que somos diferentes dos outros animais? Inteligência? Compaixão? Piedade? Não meus amigos! Amor! A nós mesmos, ao próximo... e à vida!
####################
A tela e o texto acima são do meu grande amigo Joelmo Machado. Se existe mesmo outras vidas, não foi por acaso que nos encontramos. Foi realmente um reencontro. E eu precisei me deslocar km de distância pra encontrar essa criatura aqui, perdida em terra de alemão. Ai, ai... (reticências pra contentar meu amiguinho... hehe ele adora e eu também)
O Joe além de designer, publicitário, artista plástico, poeta, amigo, viciado em Coca-cola e chato de plantão, também é o atual presidente da Associação Santacruzense de Deficientes Visuais (ASDV). Como dia 13 foi dia do cego, resolvi publicar o texto deste que tanto luta pelos direitos dos deficientes visuais (uma puxada de saco básica). Quem porventura se interessar em fazer voluntariado na ASDV pode ligar pra (51)37195841 que certamente arrumarão serviço, e posso adiantar que será uma experiência no mínimo divertida e muito gratificante.

Nenhum comentário: