31 de dez de 2010

Adeus 2010!

O fim do ano está aí e é chegada a hora da famosa parada para reflexões... O ano foi puxado, muitas viagens, muitos cursos, muitas provações e algumas vitórias. Iniciei o ano com férias sem saber que depois disso muito trabalho me aguardava. Em março passei por mudanças no trabalho que exigiram mais de mim.

6 de dez de 2010

Twitter, Bento e gente legal: boa mistura

Já comentei aqui as alegrias que o Twitter tem me dado. Compartilho as alegrias e deixo que os estresses se diluam... Porque tudo tem dois lados, não é mesmo? Nesse final de semana do dia 27, participei do Twitter Mix, um encontro de tuiteiros que aconteceu na cidade de Bento Gonçalves. E como em toda viagem que faço, colecionei algumas histórias engraçadas pra contar. Fizemos passeios lindos: Caminhos de Pedra e Vale dos Vinhos (esse tbm saboroso :D). Compartilhamos idéias, culturas, vivências, e alguns momentos

Contei mais um ano no taxímetro da vida e outras façanhas

Hiper atrasada, mas lá no fim eu explico (mas não justifico, eu sei). Depois do meu aniversário, que passei em Floripa com a família, mudou a idade, mas a agitação continuou... Muitos cursos, formações e envolvida com meu artigo de conclusão da especialização. E com tudo isso algum estresse (não vou fixar muito nessa idéia :D). Para amenizar vivi um momento muito especial em Goiás, na cidade de Santo Antonio do Descoberto (mais uma vez). Participei do IV Khumba Mela, da América Latina pela primeira vez no Brasil.

17 de ago de 2010

'Apenas o necessário'... E me deixou feliz ;-)

Olá, pessoas! Já comentei por aqui que entrei nessa onda de Twitter, né? Pois é, já faz um ano que experimento esse novo universo e estou adorando! Já ganhei um livro (que ainda espera pra ser lido) num sorteio, ganhei muitos amigos e li muita coisa legal por lá também. Bom, nem tudo são rosas... Tem umas coisas não tão legais, mas essas eu nem considero. 

8 de ago de 2010

Pela revitalização da Praça Flores da Cunha e Parque Internacional

Olá, pessoas! Já faz mais de um mês que não dou as caras por aqui... Pois é, uma vergonha. Muito trabalho e alguma falta de inspiração pra escrever. Mas nada melhor pra inspiração surgir, do algo que me indigne. Foi espiando um e-mail de uma grande amiga com um link de um blog que tomei ciência de um movimento e uso esse espaço pra colocar meu desabafo. Nasci, me criei, casei, estudei, descasei em Santana do Livramento. Lá eu tenho família e amigos, toda minha história e lembranças. Mudei de cidade há uns 6 anos,

2 de jul de 2010

O gol de Dunga - Por Juçara Dutra Vieira

* Por Juçara Dutra Vieira

O recente episódio envolvendo a Rede Globo e o técnico da seleção brasileira, Dunga, levou-me a reler um livro do Pedrinho Guareschi sobre comunicação e poder. Lembro de tê-lo recomendado a meus alunos dos cursos de Letras e de Pedagogia, ainda nos anos 1980. Pedrinho relata que a prodigiosa ascensão do conglomerado está associada ao respaldo financeiro do grupo americano Time-Life, nos anos 1960. O acordo chegou a ser objeto de uma CPI, que concluiu pela sua inconstitucionalidade. No entanto, o presidente Castello Branco, ao invés de cassar a concessão, concedeu noventa dias de prazo para que a emissora regularizasse a situação... “Não houve quem pudesse segurar, desde então, a Vênus Platinada”, diz Guareschi. (1985, p. 47).
A Globo foi fiel à ditadura e só se desapegou da mesma quando o movimento pela Diretas Já ecoava por todo o Brasil, levando estudantes, intelectuais, sindicalistas, políticos, enfim, parte importante da sociedade brasileira às ruas, reivindicando a

21 de jun de 2010

A Copa que eu quero

Copa do Mundo nunca me atraiu muito. Difícil ficar indiferente quando o país todo só fala nisso, mas essa em especial estou achando muito sem graça. Não me sinto representada por essa seleção (e acho que nunca  me senti por alguma). Sou muito mais Olimpíadas. Diferenças à parte, e antes que alguém me rotule de anti-patriota e me mande catar coquinho, gostaria de entender o que move um país todo parar para assistir um jogo de futebol e em outras situações não demonstram tanto empenho. Gostaria de ver esse empenho todo do povo, da mídia, em prol de coisas que interessam realmente.

12 de jun de 2010

Livre, leve, solta e apaixonada

Quando se tem um coração romântico demais, se têm cicatrizes demais também. É a lei. Vivemos numa gangorra, oscilando entre fases de mocinha à espera do príncipe e mulher auto-suficiente. Já dizia Che: “hay que endurecerse, pero perder la ternura, jamás”. Por vezes, vestimos a armadura de guerreira para evitar as dores da luta, mas não percamos a esperança. Bom seria que quando ele (o dito cujo que os otimistas dizem que existe para cada um) chegasse, pudéssemos abrir as cortinas do palco do coração como quem diz “veja todos os atos falhos, todas as dores causadas e não as repita, por favor”. Enquanto esse dia não chega,

1 de jun de 2010

O retorno de vênus

Comprei salto alto e vestido hoje. Tudo bem, não precisam disfarçar a surpresa... Até eu me surpreendi. Tive um ataque de #mulherzinha. Quando era criança, como toda menina, pegava os sapatos de salto da minha mãe (que cabiam 2 pés meus) e ensaiava um andar desajeitado. Aos quinze usei o tradicional 4 ou 5 cm... Salto de mocinha. Depois disso tive sapatos de salto alto, mas não usava muito. Eram restritos a cerimônias de casamento e assemelhados. Sempre fui meio avessa a essas coisas que na minha cabeça eram

30 de abr de 2010

Muito amor, respeito, gentileza e ainda alguma ignorância

Nessa semana que passou, assisti algumas notícias na TV que me surpreenderam positiva e negativamente. A sociedade está tirando a peneira da frente do sol e reconhecendo algumas situações. É o caso das duas sentenças proferidas essa semana em favor de casais homossexuais adotarem crianças (Mato Grosso e Rio Grande do Sul). Há os que se dizem preocupados com a educação, de como tratar essa relação de duas pessoas do mesmo sexo, vivendo juntos e criando uma criança. Mas eu pergunto: será mais simples conviver com a rejeição, a falta de carinho e o abandono? Acho que com amor, carinho e boa vontade tudo se

11 de abr de 2010

Feliz desaniversário!

Nesse findi decidi ver o ‘mundo ao avesso’, e cair no buraco junto com Alice. Sim, Alice, aquela do País das Maravilhas, do clássico de Lewis Carol. Assisti a animação produzida pela Walt Disney em 1951 e o filme de 2010 com Jhonny Depp (adoro ele!). Que viagem maravilhosa Alice me proporcionou. Carol teria escrito para crianças? Acho que não... É mais provável que ele tenha pensado em deixar ‘recadinhos’ para algumas crianças grandes...

5 de abr de 2010

Tem um espírito amigo aqui...

Dia 02 de abril, Chico Xavier completaria 100 anos se ainda estivesse encarnado. Para homenagear essa grande pessoa e espírito iluminado fui assistir ao filme Chico Xavier. Já esperava emoção, pois tudo que vem de Chico é assim. Só a imagem dele me toca. Ele não teve uma vida fácil, e mesmo assim por tudo que se sabe, se lê e se vê sobre essa figura transparece tranqüilidade e paciência. Um ser de uma disciplina que, sinceramente, não sei se um dia alcançarei. O filme mostra Chico um ser humano comum, com um quê especial. Uma pessoa que teve infância difícil, trabalhador, humilde, que teve seus medos, seus momentos de

28 de mar de 2010

Todos temos nossos dragões

Dia 20, o sol entrou no signo de Áries. Astrologicamente falando é quando o ano inicia, já que Áries é impulso. Antes de março tudo é festa, virada de ano, carnaval e férias. Só quando março chega é que cai a ficha do mundo de que: - Bom, deu de festa, agora é trabalho. Com o sol transitando pelo signo de Áries, os arianos estão em alta e me trouxe a lembrança de representantes desse signo cheio de energia que marcaram, não só a minha, mas a vida de muita gente. Eles estão do outro lado, mas a lembrança fica. Saudade ‘mode on’! Ayrton Senna, Renato Russo, Chico Xavier e Cazuza eram arianos. Sim, arianos! Pra quem entende um pouquinho de astrologia, talvez isso explique algumas coisas. Eles eram cheios de energia, iniciativa, liderança e coragem. Como arianos foram guerreiros. Cada um ao seu estilo, travou sua batalha. Ayrton Senna e Renato Russo se estivessem entre nós, completariam 50 anos, Cazuza 52 e Chico Xavier, 100 anos. Senna e Chico tinham ascendente

28 de fev de 2010

Todo dia é nostalgia das besteiras que fizemos ontem

Em setembro de 2009 o Teatro Mágico esteve em Santa Cruz. Eu não fui assistir e nem lembro porque, mas com certeza devo ter tido um bom motivo. Quero acreditar nisso porque senão a dor do arrependimento vai ser muito maior. Confesso que nunca tinha ouvido falar nesse grupo até ele vir a Santa Cruz. Mesmo depois não procurei saber muito sobre eles. Passou batido, bloquei. Talvez prevendo a sensação de arrependimento que estou tendo agora. O tempo passa... O tempo voa... E um amigo virtual comentou sobre o grupo e suas músicas. Perguntei ao guru Google e consultei o oráculo do Youtube... E adivinhem? Paixão ao primeiro

31 de jan de 2010

Refletindo 2009

Olá... “Tô de volta”, como diria meu amigo Mano Lima =), depois de toda confusão de final de ano, férias e finalmente livre (em partes) do curso Mídias na Educação. Retorno pra finalmente fazer minha reflexão do ano que findou, como de praxe. Antes tarde do que nunca, né?
No balancete de 2009, saldo equilibrado. Entre perdas, mortos e feridos, me salvei. Vejo assim, porque procuro sempre ser otimista. Procuro, nem sempre consigo.