22 de nov de 2009

Oktober e depois Floripa

Perdão... Ando muito relapsa com esse espaço. Deveria pedir a meu amigo Zé Roig a fórmula pra criar os clones que ajudam ele em suas atividades e fazer uns meus (hehehe). Mas se uma Stella já incomoda muita gente... Imaginem mais..., melhor deixar quieto.
Atualizando vocês sobre os acontecimentos desde a última vez que passei por aqui.
A Oktoberfest aconteceu, mas pra mim foi como se não. Fiquei indiferente. Totalmente, ou quase...
Totalmente é meio difícil, já que esse evento revoluciona a cidade, onde todo tipo de gente invade esse território e parece que ficam abduzidos por chopp e bandinha. Mas enfim... é o carnaval ao estilo alemão (gosto não se discute). Só fui um dia espiar, e isso porque ganhei uma cortesia de uma colega e tinha a missão de comprar um caneco para meu pai :). Achei os shows muito ruins e não me motivou a arrastar meu cadaver até lá. Por que pra mim, o que mais gosto é dos shows. E acho que fiz a escolha certa, pois segundo ouvi, não estavam lá essas coisas e a acústica do Poli deixou a desejar.
No feriadão de outubro, botei minha mochila nas costas e me mandei pra Floripa. Tudo de bom, deu até pra pegar um solzinho. Revi meus priminhos e criança sempre reabastece a gente. O feriado foi meio que um homicídio da saudade, pois desfrutei da companhia de grande parte da família.

Nenhum comentário: