30 de dez de 2008

Depende de nós... um 2009 melhor

Mais um ano se vai. Mais uma avaliação se faz, e sempre tento procurar um saldo positivo no balanço do ano. Em 2008, me emocionei com César Cielo e Maurren Maggi nas Olimpíadas, e com a despedida do Guga, só pra lembrar alguns fatos do ano. Mas a lição mais importante que aprendi, melhor dizendo, reafirmei, foi o valor de uma amizade sincera. Nesse ano presenciei alguns acontecimentos não muito bons, exemplos de como o ser humano pode ser ingrato e cruel. Não gosto de ver amigos sofrendo, mas algumas coisas a gente aprende observando. Valeu a lição. Minhas maiores alegrias no ano foram:
  • ter conhecido a cidade maravilhosa,
  • a notícia de que serei dinda,
  • ter concluído o primeiro módulo do curso de Mídias e reiniciado o segundo com a notícia de que o curso foi aprovado como pós-graduação (especialização),
  • o presente de ir e conhecer a Bahia, rever meu dindo e sua família,
  • ter conhecido pessoas e lugares especiais que fizeram diferença na minha vida,
  • ter resolvido alguns assuntos mal resolvidos e me libertado de algumas amarras,
  • ter assistido ao show da Mercedes Sosa, Zé Ramalho e Chimarruts,
  • ter participado de seminários que fizeram ampliar minha visão no trabalho,
  • manifestações de apreço dos amigos que sempre são tão boas da gente ouvir,
  • saber das alegrias de meus amigos, pois amigo que é amigo, fica feliz com a felicidade do outro,
  • oportunidades na caminhada espiritual que se apresentam e que aos poucos estou acolhendo.
Alguns filmes mexeram comigo esse ano: Antes de Partir, Caçador de Pipas e Na natureza selvagem.
Músicas que embalaram meu 2008: Rihanna - Don’t Stop The Music , Alicia Keys - No One , Colbie Caillat - Bubbly, Kelly Key - Você é o cara , Danni Carlos - Coisas Que Eu Sei , James Blunt - Same Mistake, Chimarruts - Saber Voar, Armandinho - Semente, Vanessa da Mata - Amado, Darvin - Pensa em mim, Nando Reis - Sou dela, e muitas da Loreena Mckennitt e toda a "velharada" que sempre escuto.
Na TV quase nada merece destaque, exceção para o programa "Som Brasil". Pena que na Globo tudo que é bom é num horário muito louco, e fora dela pouco tenho acesso. Alguns fatos no esporte me emocionaram, mas já mencionei no início desse texto, e nada mais. Enchi o saco do apelo sensacionalista, da exploração da desgraça, tipo pais atirando filhos da janela, famílias que perderam tudo em enchentes, etc.
Aproveito o espaço pra agradecer tudo que recebi nesse ano, todas as lições, todas as oportunidades de estudo, os amigos que chegaram e os que se afastaram, todos os afetos e desafetos (se tive), todas as alegrias e tristezas, toda a fartura e escassez, enfim, tudo que colaborou pro meu crescimento.
Viram? Entre créditos e débitos, o saldo sempre é positivo. Feliz Ano Novo pra nós... Agora é planejar os objetivos pra 2009, ou deixar a vida me levar...
Pra variar, fiz mais um vídeo pra esse momento. Como diz meu amigo Joe, sou piégas... Não tem jeito, melhor assumir de vez. Pronto, a aceitação é o último estágio, dizem... (hehehe)

3 comentários:

Lene Leros disse...

Menina! Amiga!
Em tudo na vida, sempre há a motivação na busca pelo aspecto positivo que, por vezes, está meio escondido, mas sempre presente.
Aprendemos com os erros e até nos piores momentos.
Nesta grande viagem que é nossa vida, todas as angústias criadas pelos falsos amigos devem ser desprezadas em nome da vivência construtiva, agradável, próspera, leal e alegre dos verdadeiros amigos.
Muito dividimos no ano que passou. E vamos levar para 2009 só o que valeu a pena!
Abração

Stella disse...

Resposta: Oi, amiga... Verdade, muito dividimos no ano que passou. Foste presença marcante em 2008, espero que nossa amizade continue, não só em 2009, mas por muuuuitos anos. Tu já conquistou um lugarzinho no 'mio core, bambina' (hehehe). Bj

Lene Leros disse...

Querida amiga!
Desta vez estou aqui para premiá-la com um selinho.
Seu blog é lindo...parabéns!
Vá buscar o seu prêmio em http://ntescs.blogspot.com, vc merece!
E, a propósito, amizade verdadeira é eterna. Te levo comigo.bj