25 de fev de 2008

O Rio de Janeiro continua lindo...

Minhas férias esse ano foi multi-roteiro. Passei as festas e o início de janeiro em Livramento com a família. Dias pra derreter de tanto calor. Revi amigos e curti a Sarandi. Zarpei rumo à Floripa conhecer a mais nova integrante da família, Ludmila (minha prima). Peguei um dia de praia bom e dois com vento, os outros com chuva. Mas o que quero contar aqui é a realização de um sonho antigo, conhecer o Rio de Janeiro. Fiquei hospedada na casa de um amigo na Tijuca. Apesar de também não ter dado muita sorte com clima no Rio, adorei tudo. Já no primeiro dia fomos assistir à peça da Louise Cardoso, Mãe Coragem. Após o teatro nos aventuramos na quadra da Mangueira. Muito legal! Apesar do cansaço deu pra sambar um pouquinho. Adorei aquilo lá, apesar de ser Beija-flor. O pessoal vai pra dançar mesmo. Não vi ninguém de “pegação” pelos cantos. Tudo muito organizado... Pra entrar na quadra desembolsamos 20 pila cada um. Se quiséssemos ocupar uma mesa era 30. Mas o pessoal não parecia estar preocupado, lotou. O samba rolando todo tempo. Dei sorte com os táxis por lá. Segundo dizem, eles gostam de cravar a faca nos turistas, uma tal negociação do preço da corrida de acordo com o lugar de destino. Mas eu peguei só os do bem (hehe), todos botavam o taxímetro pra funcionar. Conheci a Biblioteca Nacional, o Centro de Cultura do Banco do Brasil, o Centro de Cultura da Justiça, o Jardim Botânico, o Palácio da República, Copacabana, Ipanema, a praia da Barra, o Aterro do Flamengo e andei na roda gigante da Skol. Todos os passeios foram legais, mas emoção maior foi andar em Copacabana e Ipanema. E ver um exemplar da flor de lótus no Jardim Botânico. Ah, fizemos um lanche na famosa Confeitaria Colombo e conheci pessoalmente a Melgama, do site Melgama que há muito tempo dou umas espiadas. Lamento não ter visto o Cristo Redentor... Os dias estavam nublados e o preço pra subir era em torno de 45 pila. Entendi porque muitos cariocas não conhecem o ponto mais famoso da cidade e agora uma das 7 maravilhas do mundo. Também vi o famoso pijama do Getúlio Vargas, com buraco do tiro e tudo e a arma que ele usou (isso foi só um comentário). Fui no Fórum Social Mundial, que lá no Rio levou o nome de “Rio com Vida”. Quando andei pelo calçadão de Ipanema me senti a própria garota (hihihi, brincadeirinha...), desde que de boca fechada, pois se abrisse a boca pra dar um oi ou perguntar algo, logo era desmascarada (hehehe). Logo perguntavam: é gaúcha? - Pronto, meu disfarce ia por água a baixo (hahaha). Mas tenho que concordar com o Gil, o Rio de Janeiro continua lindo... O Rio de Janeiro continua sendo... Mesmo com dias nublados. Essa curta temporada no Rio me deixou com gostinho de quero mais... Espero voltar um dia.


Nenhum comentário: