30 de abr de 2007

Cidade Diferente

Essa é Sant'Ana do Livramento, ou Livramento para os mais íntimos... Cidade Diferente é o nome do poema que virou hino da cidade, de autoria do professor Agapito Prates Paulo. A foto à esquerda é da Matriz de Sant'Ana, fica na praça principal da cidade. À direita, o diferencial da cidade, o Parque Internacional. Essa praça divide os dois países: Brasil e Uruguai. A cidade é também conhecida como "Fronteira da Paz". Abaixo, um dos cartões postais da cidade, o Cerro de Palomas. Aparece nos rótulos dos vinhos Almadén.


A beleza de ser um eterno aprendiz - O que é, o que é? - Gonzaguinha

Eu fico com a pureza das respostas das crianças:
É a vida! É bonita e é bonita!
Viver e não ter a vergonha de ser feliz,
Cantar, e cantar, e cantar,
A beleza de ser um eterno aprendiz.
Ah, meu Deus! Eu sei
Que a vida devia ser bem melhor e será,
Mas isso não impede que eu repita:
É bonita, é bonita e é bonita!
E a vida? E a vida o que é, diga lá, meu irmão?
Ela é a batida de um coração?
Ela é uma doce ilusão?
Mas e a vida? Ela é maravilha ou é sofrimento?
Ela é alegria ou lamento?
O que é? O que é, meu irmão?
Há quem fale que a vida da gente é um nada no mundo,
É uma gota, é um tempo
Que nem dá um segundo,
Há quem fale que é um divino mistério profundo,
É o sopro do criador numa atitude repleta de amor.
Você diz que é luta e prazer,
Ele diz que a vida é viver,
Ela diz que melhor é morrer
Pois amada não é, e o verbo é sofrer.
Eu só sei que confio na moça
E na moça eu ponho a força da fé,
Somos nós que fazemos a vida
Como der, ou puder, ou quiser,
Sempre desejada por mais que esteja errada,
Ninguém quer a morte, só saúde e sorte,
E a pergunta roda, e a cabeça agita.
Fico com a pureza das respostas das crianças:
É a vida! É bonita e é bonita!
É a vida! É bonita e é bonita!
♫ ♫ ♫ ♫ ♫ ♫ ♫ ♫
Não consigo ouvir essa música, sem me contagiar...
Viver... e não ter a vergonha de ser feliz...

La vida es un carnaval - Celia Cruz

Todo aquél que piense
Que la vida es desigual
Tiene que saber que no es así
Que la vida es una hermosura
Hay que vivirla
Todo aquél que piense
Que está solo y que está mal
Tiene que saber que no es así
Que en la vida no hay nadie solo
Y siempre hay alguien
Ay, no hay que llorar,
Que la vida es un carnaval
Y es mas bello vivir cantando
Oh oh oh ay, no hay que llorar
Que la vida es un carnaval
Y las penas se van cantando
Ay, no hay que llorar,
Que la vida es un carnaval
Y es mas bello vivir cantando
Oh oh oh ay, no hay que llorar
Que la vida es un carnaval
Y las penas se van cantando
Todo aquél que piense
Que la vida siempre es cruel
Tiene que saber que no es así
Que tan solo hay momentos malos
Y todo pasa
Todo aquél que piense
Que esto nunca va a cambiar
Tiene que saber que no es así
Que al mal tiempo, buena cara
Y todo cambia
Ay, no hay que llorar,
Que la vida es un carnaval
Y es más bello vivir cantando
Oh oh oh ay, no hay que llorar
Que la vida es un carnaval
Y las penas se van cantando
Ay, no hay que llorar,
Que la vida es un carnaval
Y es más bello vivir cantando
Oh oh oh ay, no hay que llorar
Que la vida es un carnaval
Y las penas se van cantando
Para aquellos que se quejan tanto
Para aquellos que sólo critican
Para aquellos que usan las armas
Para aquellos que nos contaminen
Para aquellos que hacen la guerra
Para aquellos que viven pecando
Para aquellos que nos maltratan
Para aquellos que nos contagian

Eu



Essa sou eu, em algumas fases da minha vida...

Overdose de Brad Pitt

Adoro o Brad Pitt... Pra quem também gosta, aproveite o slide.

26 de abr de 2007

Infinito Particular - Marisa Monte

Eis o melhor e o pior de mim
O meu termômetro, o meu quilate
Vem, cara, me retrate
Não é impossível
Eu não sou difícil de ler
Faça sua parte
Eu sou daqui, eu não sou de Marte
Vem, cara, me repara
Não vê, tá na cara, sou porta bandeira de mim
Só não se perca ao entrar
No meu infinito particular
Em alguns instantes
Sou pequenina e também gigante
Vem, cara, se declara
O mundo é portátil
Pra quem não tem nada a esconder
Olha minha cara
É só mistério, não tem segredo
Vem cá, não tenha medo
A água é potável
Daqui você pode beber
Só não se perca ao entrar
No meu infinito particular


Olá! Adoro essa música e postei ela primeiro porque inspirou o título do blog. Aqui, como diz a música, colocarei "o melhor e o pior de mim". "Daqui você pode beber", se assim desejar (hehe). Gosto muito de música, poesia, fotografia, entre outras coisas... então nesse espaço dividirei com vocês meus gostos, minhas paixões , meu infinito particular... (hehe) "Eu não sou difícil de ler", e através de minhas postagens, meus links, etc. você acabará me retratando. "Vem cá, não tenha medo"...